Como uma assessoria contábil pode ajudar a regularizar a sua empresa?

Como uma assessoria contábil pode ajudar a regularizar a sua empresa? 2

imagem

Neste artigo vamos ver como uma assessoria contábil pode ajudar a regularizar a sua empresa.

Entenda como uma assessoria contábil pode ajudar a regularizar a sua empresa.

Ser dono de seu próprio negócio é o sonho de muitos brasileiros e, cada vez mais, tem se tornado acessível. Para quem tem esse objetivo, atualmente, a legalização está menos burocrática.

Além disso, uma assessoria contábil sempre poderá ajudar no planejamento e na elaboração do processo. Existem diversos detalhes que precisam ser acertados para abrir e regularizar uma companhia.

Para começar qualquer negócio você precisa de um bom investimento, seja para comprar a matéria-prima, pagar a mão de obra ou mesmo para a papelada e a documentação. Por isso, o capital é o primeiro item a se considerar.  O próximo passo é saber em qual categoria o seu negócio se enquadra.

O microempreendedor individual (Mei) fatura até R$ 60 mil por ano, já a microempresa alcança de R$ 60 mil a R$ 360 mil, e a pequena empresa pode atingir entre R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões.

Como regularizar o microempreendedor individual (Mei)?

Tenha em mãos os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e também o título de eleitor;

Faça o cadastro no portal do empreendedor e retire na hora, o seu certificado de microempreendedor individual;

Imprima a guia emitida na internet e pague a contribuição mensal que varia de R$ 34,90 a R$ 39,90.

Algumas vantagens:

  • Ter alvará inicialmente provisório e depois definitivo;
  • Ter Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ;
  • Comprar de fornecedores com desconto;
  • Ter conta bancária de pessoa jurídica;
  • Poder pegar empréstimo;
  • Conseguir linhas de financiamento com condições especiais.

Como regularizar microempresa?

Consulte a prefeitura para saber se o local escolhido para montar o negócio tem licença para que funcione ali. Em alguns municípios, a consulta pode ser feita online;

No cartório, é preciso autenticar as cópias de documentos e reconhecer firma das assinaturas. Os documentos necessários você pode encontra no site da Junta Comercial;

Entregue os documentos na sede da junta comercial. E em 48 horas, você já pode receber o número de seu CNPJ;

O próximo passo é solicitar o alvará de funcionamento com a prefeitura e procurar a inscrição exigida por cada atividade. Se for atividade de serviço, você precisará de inscrição municipal. Já se você tem um comércio ou uma indústria, precisará de inscrição estadual. Fique atento! Em alguns estados, a inscrição estadual deve ser solicitada antes do alvará de funcionamento;

Feito tudo isso, solicite as licenças do corpo de bombeiros e da Vigilância Sanitária e confira se está tudo certo com o cadastro da empresa na Previdência Social. Esse cadastro deve ser gerado junto com a inscrição do CNPJ;

Os últimos passos para que o empreendimento entre em ação, são as notas e também os livros fiscais;

Faça o pedido de atividades de serviço na prefeitura ou então na Secretaria Estadual da Fazenda, no caso de comércio e indústria;

Com o aparato fiscal em mãos e regularizado, a empresa já pode começar a operar legalmente!

Agora você já sabe como uma assessoria contábil pode ajudar a regularizar a sua empresa.

ORÇAMENTO
Open chat